Ministério prorroga por 30 dias custeio de leitos de UTI para Covid-19

·1 min de leitura
Profissionais de Saúde tratam de paciente em UTI no Hospital Vila Penteado, em São Paulo, no dia 21 de junho de 2020 (Foto: Gustavo Basso/NurPhoto via Getty Images)
Profissionais de Saúde tratam de paciente em UTI no Hospital Vila Penteado, em São Paulo, no dia 21 de junho de 2020 (Foto: Gustavo Basso/NurPhoto via Getty Images)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Ministério da Saúde informou que vai prorrogar por mais 30 dias a ajuda de custos para a manutenção de leitos de unidades de terapia intensiva (UTIs) dada a estados e municípios. Em nota, a pasta informa que a prorrogação abrange o custeio para 14.254 mil leitos de UTI Covid-19 adulto e pediátrico. As informações são da Agência Brasil.

A prorrogação das UTIs é uma demanda do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems).

O país vem registrando aumento de pessoas contaminadas pela Covid-19, em especial pelo crescimento do número de doentes infectados pela variante ômicron.

De acordo com o último balanço do Ministério da Saúde, divulgado no sábado (22), 23,9 milhões de pessoas já foram contaminados pela doença, que já matou 622.801 pessoas no país. Deste total, 157.393 contaminações e 238 mortes foram registradas nas 24 horas anteriores ao balanço.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos