Ministério registra recorde de apreensão de cocaína em 2021

·1 min de leitura

O Ministério da Justiça e Segurança Pública anunciou que foi registrada apreensão recorde de cocaína em 2021. De acordo com dados do Programa Nacional de Segurança nas Fronteiras e Divisas (VIGIA), houve aumento de 125% de apreensões em relação ao ano de 2020.

Segundo a pasta, mais de 18 toneladas foram apreendidas no ano passado. O material é avaliado em R$ 620 milhões. Em 2020, oito toneladas de cocaína foram apreendidas.

A maioria das apreensões ocorreu na Região Centro-Oeste (12 toneladas).

Os dados também mostram que o trabalho do programa resultou em R$ 2 bilhões em prejuízo aos criminosos, incluindo a apreensão cigarros contrabandeados, barcos e veículos.

O Programa Vigia está em 14 estados e tem objetivo de fortalecer o combate à criminalidade, por meio da integração de operações, capacitação e compra de equipamentos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos