Ministério da Economia suspende concurso com 300 vagas

·1 min de leitura

 

As inscrições do Ministério da Economia abriram no dia 10 de janeiro e estavam previstas para durarem até 14 de fevereiro
As inscrições do Ministério da Economia abriram no dia 10 de janeiro e estavam previstas para durarem até 14 de fevereiro

(Getty Images)

  • Ministério da Economia suspende concurso público

  • Mais de 300 vagas estavam sendo ofertadas

  • Segundo comunicado, suspensão foi motivada por questões de interesse público

O Ministério da Economia suspendeu, temporariamente, um concurso público com 300 vagas temporárias e outras 1.830 oportunidades para cadastro de reserva. Os cargos destinavam-se a analista de negócios, analista técnico de demandas previdenciárias, judiciais e de controle e técnico em atividades previdenciárias e de apoio.

Leia também:

De acordo com um comunicado divulgado no site do IDIB (Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro), o processo seletivo foi encerrado “por motivo de interesse público. Os candidatos devem continuar acompanhando as informações inerentes ao certame através da publicação de Aditivos e/ou Editais por meio do site do IDIB”.

Concurso

As inscrições abriram no dia 10 de janeiro e estavam previstas para durarem até 14 de fevereiro, às 23h59. Agora, aparecem como encerradas.

Os salários variavam de R$ 1.700 a R$ 6.130 para cargas semanais de 40 horas. O prazo de contrato era de um ano, prorrogável por até cinco anos.

Já a aplicação de provas estava marcada para o dia 3 de abril, em Brasília. Por enquanto, não há informações sobre quando o concurso reabrirá.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos