Ministério da Saúde não emite certificado para quem se vacinou com AstraZeneca e depois Pfizer

·1 minuto de leitura
Foto: Getty Images
Foto: Getty Images
  • Vacinação heteróloga é permitida por portaria técnica da pasta

  • Comprovante do ConecteSUS é necessário para viagens e passaporte sanitário

  • Ministério não explicou motivo

O aplicativo do Ministério da Saúde que emite certificados de vacinação completa contra a covid-19, o ConecteSUS, não está fornecendo o comprovante para pessoas que receberam imunização heteróloga, que é aquela feita com dois imunizantes diferentes. Mesmo prevendo a vacinação heteróloga como norma técnica, o ministério confirmou que não garante a certificação para as pessoas contempladas pela norma.

A comprovação do ConecteSUS permite viagens ao exterior e tem sido necessária em cidades que adotam medidas conhecidas como passaporte sanitário. São pelo menos 249 municípios que adotaram medidas restritivas para circulação em ambientes fechados para não-vacinados.

Leia também:

A aplicação da segunda dose de Pfizer para pessoas que receberam a primeira dose de AstraZeneca é recomendada pelo Ministério da Saúde, por meio da norma técnica 6. No entanto, a pasta informou em nota que “para quem concluiu o esquema vacinal com doses de vacinas diferentes (intercambialidade das vacinas contra covid-19) não é permitido a emissão do certificado de vacinação pelo aplicativo [ConecteSUS]”.

Uma das questões problemáticas do aplicativo é que a segunda dose de quem precisou realizar intercambialidade de vacinas não foi registrada no sistema pelos postos de saúde. Além disso, muitos relatam que o ConecteSUS fornece apenas a carteira de vacinação, mas não o certificado, que acompanha uma tradução para inglês e espanhol.

A combinação de doses de AstraZeneca e Pfizer passou a ser recomendada por conta de uma falta generalizada do primeiro imunizante nos postos de vacinação.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos