Ministro da Índia bebe ‘água sagrada’ de rio poluído e é hospitalizado

Ministro indiano bebe 'água sagrada' e acaba hospitalizado - Foto: Reprodução/Redes Sociais
Ministro indiano bebe 'água sagrada' e acaba hospitalizado - Foto: Reprodução/Redes Sociais

Três dias depois de beber um copo de 'água sagrada' do rio Kali Bein, considerado sagrado pelos habitantes da cidade de Sultanpur Lodhi, na Índia, o ministro-chefe do Estado de Punjab, Bhagwant Mann, foi internado no Hospital Indraprastha Apollo, em Nova Délhi, com uma infecção após ter dores no estômago.

Segundo o portal de notícias New Indian Express, o ministro bebeu água na celebração do 22º aniversário da limpeza local do rio. Durante a celebração ele anunciou o lançamento de uma campanha estadual para limpar rios e esgotos do estado. A cerimônia ocorreu na região de Sultanpur Lodhi.

Ainda de acordo com o portal, as dores estomacais começaram ainda na noite de terça-feira (19) em sua residência na cidade de Chandigarh. Em virtude da piora no quadro de saúde, Mann foi levado ao hospital no dia seguinte e somente então internado com uma infecção.

Após a internação do ministro se tornar pública, logo as pessoas começaram a associar a infecção com o fato dele ter bebido a água poluída do rio. Que apesar de atualmente está muito mais limpo do que era, ainda não é aconselhável beber sua água.

O caso foi mantido em sigilo pelo governo, enquanto o ministro era levado para a capital do país. Mann ficou em observação por uma equipe de especialistas médicos por dois dias antes de receber alta. Ele chegou a ser visitado pelo ministro-chefe de Delhi, Arvind Kejriwal.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos