Ministro da Justiça adia agenda com secretários de segurança e vai a evento do PSL e DEM

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
***ARQUIVO***BRASILIA, DF,  BRASIL,  26-05-2021 -  O ministro da Justiça Anderson Torres. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
***ARQUIVO***BRASILIA, DF, BRASIL, 26-05-2021 - O ministro da Justiça Anderson Torres. (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O ministro da Justiça, Anderson Torres, adiou sua presença da reunião do conselho de secretários de segurança estaduais que acontece em Palmas (TO) nesta quarta (6) para participar da cerimônia partidária que deve selar a união entre o PSL e o DEM.

Em junho, ele participou de evento do diretório do PSL no Distrito Federal que teve a participação do senador Flávio Bolsonaro.

Aliados do ministro afirmam que ele segue disposto a se candidatar em 2022.

O encontro dos secretários vai até a quinta (7) e tem entre as pautas a obrigação imposta pelo Superior Tribunal de Justiça sobre o uso de câmera por policiais durante as diligências.

O ministro deve participar do segundo dia de reunião.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos