Ministro das Comunicações critica artistas e políticos que lamentam mortes por Covid-19

·1 minuto de leitura

BRASÍLIA - No dia em que o Brasil ultrapassou meio milhão de mortes decorrentes da Covid-19, o ministro das Comunicações, Fabio Faria, criticou aqueles que lamentam a perda de 500 mil vidas. Segundo Faria, políticos, artistas e jornalistas que se manifestam nesse sentido "torcem pelo vírus".

"Em breve vcs verão políticos, artistas e jornalistas 'lamentando' o número de 500 mil mortos. Nunca os verão comemorar os [sic] 86 milhões de doses aplicadas ou os 18 milhões de curados, porque o tom é sempre o do 'quanto pior, melhor'. Infelizmente, eles torcem pelo vírus", escreveu Faria em suas redes sociais, na tarde deste sábado.

No momento, cerca de 11,5% dos brasileiros receberam duas doses da vacina. Levando em conta o baixo isolamento social atual, o índice vacinação mínimo para frear a pandemia é acima de 40%, diz o grupo Ação Covid-19, que envolve diversos especialistas em modelagem matemática. Se o isolamento cair a zero, o grupo afirma que seria preciso 70% da população imunizada (ou sobrevivente de infecção prévia) para conter o coronavírus.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos