Ministro do Desenvolvimento Regional confirma reunião com filho 04 de Bolsonaro, Jair Renan

·1 minuto de leitura
Brazil's Secretary of Social Security Rogerio Marinho is seen before ceremony to presentation of the 2nd phase of the advertising campaign of the pension reform bill at the Planalto Palace in Brasilia, Brazil May 20, 2019. REUTERS/Adriano Machado
Rogério Marinho esteve com Jair Renan Bolsonaro, o 04, para falar de assuntos ligado à habitação (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
  • Rogério Marinho esteve na Câmara dos Deputados para dar explicações sobre encontro com Jair Renan Bolsonaro em 2020

  • Ministro do Desenvolvimento Regional confirmou que esteve com o 04, mas que só soube que se tratava do filho do presidente quando foram apresentados

  • Marinho afirmou que Jair Renan Bolsonaro não falou durante a reunião, pedida pelo gabinete do Presidente

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, confirmou que se reuniu com Jair Renan Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), no ano passado. A informação foi dada pelo ministro na última terça-feira (6), durante uma audiência na Câmara dos Deputados.

No entanto, segundo Marinho, ele só soube que o empresário com o qual se reuniria era filho do presidente quando eles foram apresentados.

Leia também:

O ministro foi chamado para ir à Câmara para dar explicações sobre a reunião pela Comissão de Fiscalização Financeira e Controle. Segundo informações divulgadas pelo Jornal Nacional, quando o encontro aconteceu, a agenda de Rogério Marinho tinha o nome de um assessor da Presidência, sem citar Jair Renan Bolsonaro.

Na Câmara, Marinho explicou que a reunião foi um pedido do gabinete do presidente e a ideia era apresentar uma “inovação tecnológica” na área de habitação. “A reunião que ocorreu conosco foi em 2020. (...) Foi solicitada pelo gabinete do presidente, por um de seus auxiliares”, afirmou.

Por outro lado, Rogério Marinho disse que a pasta chefiada por ele não contrata diretamente conjuntos habitacionais nem soluções tecnológicas. Essa responsabilidade seria do Fundo de Arrendamento Residencial ou do Fundo de Desenvolvimento Social.

O ministro ainda relatou que Jair Renan Bolsonaro não falou nada durante a reunião e que a presença do filho do presidente “não causou nenhum tipo de constrangimento”.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos