Vazamento de cloro no Paraguai deixa 1 morto e força evacuação de 800 pessoas

Assunção, 20 mar (EFE).- Cerca de 800 pessoas, a metade delas estudantes, foram evacuadas nesta terça-feira na cidade de Carmen del Paraná, no sul do Paraguai, em consequência de um vazamento de cloro em uma usina de tratamento de água, que além disso causou a morte de um trabalhador do complexo, informaram à Agência Efe fontes oficiais.

O vazamento ocorreu após o rompimento de um encanamento da usina que tratava a água da cidade, que tem cerca de 7 mil habitantes, e onde foi interrompido o fornecimento da água, disse Rubén Franco, administrador da Municipalidade.

A vítima mortal é um funcionário da usina, regida por uma empresa privada, e morreu quando tentava solucionar o problema, acrescentou a fonte.

Após o vazamento, o corpo de bombeiros junto com o pessoal da Polícia Municipal evacuaram cerca de 800 pessoas, entre vizinhos do centro e estudantes.

Franco apontou que a situação está sob controle, mas a cidade, a cerca de 330 quilômetros de Assunção, seguirá sem fornecimento de água.EFE