Ministro prevê que Bolsonaro subirá mais 5% após passar Lula nas pesquisas

***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 12.04.2022 - O ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira (PP). (Foto: Antonio Molina/Folhapress)
***ARQUIVO***BRASÍLIA, DF, 12.04.2022 - O ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira (PP). (Foto: Antonio Molina/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A campanha de Jair Bolsonaro (PL) estima que 5% do eleitorado automaticamente migrará para o presidente se as pesquisas começarem a mostrar que ele está na liderança da corrida eleitoral.

"Como se diz lá no Nordeste, o pessoal não gosta de perder voto. Uns 5% da população têm a tendência de votar em quem vai ganhar", diz o ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira (PP).

Crítico das pesquisas de intenções de votos, o ministro afirma que em breve os institutos terão de "corrigir" suas projeções para refletir a alta de Bolsonaro em razão da melhora do cenário econômico.

"Não tem uma previsão do cenário econômico que a gente não esteja superando com folga, seja com relação ao desemprego, PIB, preço dos combustíveis ou inflação", afirma.