Ministro de Saúde da Nova Zelândia quebra quarentena, vai à praia e pede desculpas: “Fui um idiota”

Ministro da Saúde da Nova Zelândia, David Clark, já descumpriu regras de isolamento duas vezes (Foto: Hagen Hopkins/Getty Images)

A Nova Zelândia decretou quarentena em todo o país no dia 25 de março. No entanto, o ministro da Saúde do país, David Clark, descumpriu a medida: no último fim de semana, ele foi com a família para uma praia a 20 quilômetros de distância de onde mora.

E nos siga no Google News:

Yahoo Notícias | Yahoo Finanças | Yahoo Esportes | Yahoo Vida e Estilo

Depois de o caso vir à tona, Clark entregou o cargo a primeira ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, mas vai continuar no cargo neste momento. “Enquanto nós pedimos para os neozelandeses fazerem sacrifícios históricos, eu decepcionei o time. Eu fui um idiota e eu entendo que as pessoas estejam bravas comigo”, disse.

“Como ministro da Saúde, é minha responsabilidade não só cumprir as regras, mas dar exemplo a outros neozelandeses”, declarou.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Segundo as regras do país, a população só pode usar carros para comprar itens essenciais, como comida ou remédio.

Ardern reforçou que, em circunstância normais, Clark teria sido tirado do cargo. “Não podemos nos permitir a um grande transtorno no nosso sistema de saúde”, explicou. O ministro também era responsável pela pasta de Finanças, cargo do qual foi destituído. “Espero algo melhor, e a Nova Zelândia demais.”

A expectativa é de que, assim que a crise do coronavírus acabar, Clark seja tirado do cargo.

Leia também

Essa não é a primeira vez que o ministro quebra as restrições de circulação. Logo que a quarentena começou no país, Clark foi visto andando de bicicleta em uma montanha próxima a casa onde vive. Na ocasião, a primeira ministra afirmou que as pessoas podem sair para tomar um ar e percorrer curtas distâncias, mas lembrou que é preciso evitar atividades com alto risco de lesões.

Nesta terça-feira, a Nova Zelândia registrou o total de 1.160 casos de coronavírus no país. Até o momento, há só uma morte pela doença.