Ministros de Coreia do Sul e Japão se reúnem para resolver disputas históricas

Ministro das Relações Exteriores, Park Jin, ao lado do ministro das Relações Exteriores do Japão, Yoshimasa Hayashi, durante reuniõ em Tóquio

Por Josh Smith

SEUL (Reuters) - O ministro das Relações Exteriores da Coreia do Sul, Park Jin, se reuniu em Tóquio nesta segunda-feira com seu colega japonês, levando uma mensagem de reconciliação na esperança de que os vizinhos possam superar disputas históricas e reparar laços.

As relações têm sido tensas há anos devido ao amargo legado da ocupação japonesa da Coreia de 1910 a 1945. As disputas envolvem desde questões de trabalho forçado durante a guerra a controles de exportação, mas ambas as nações manifestaram interesse em melhorar as relações.

Park disse ao ministro das Relações Exteriores do Japão, Yoshimasa Hayashi, que tentaria resolver a questão do trabalho forçado antes de uma decisão sobre pagamentos de indenização, com os dois ministros concordando em encontrar uma solução rápida, informou o Ministério das Relações Exteriores japonês em comunicado.

Autoridades japonesas dizem que é importante melhorar os laços, mas buscaram em Seul propostas para resolver disputas, incluindo ordens judiciais sul-coreanas para confiscar ativos de empresas japonesas acusadas de não compensarem alguns trabalhadores da era colonial.

Espera-se que a Suprema Corte da Coreia do Sul tome uma decisão final sobre a liquidação dos ativos em agosto ou setembro, e Tóquio alertou sobre sérias repercussões se as ordens forem cumpridas.

Falando a repórteres em Seul antes de voar para Tóquio, Park descreveu sua viagem como "muito significativa".

A reunião ocorreu no contexto dos esforços dos Estados Unidos para encorajar seus principais aliados do norte da Ásia a consertar laços e construir cooperação em questões como os programas nucleares e de mísseis da Coreia do Norte e a crescente influência da China.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos