Ministros do STF elogiam nomeação de André Mendonça para o Ministério da Justiça

Carolina Brígido
Supremo Tribunal Federal

Ao contrário de Sergio Moro, que tinha uma relação espinhosa com ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), André Mendonça conquistou o respeito na Corte no tempo que atuou como advogado-geral da União. A nomeação dele para o Ministério da Justiça foi elogiada no tribunal. "O homem certo, no lugar certo, no momento certo", avaliou Ricardo Lewandowski. Luís Roberto Barroso emitiu nota na mesma linha: "O dr. André Mendonça teve um desempenho admirável na AGU. Íntegro, elegante e preparado. Desejo a ele toda sorte na nova missão.

As rusgas entre Moro e ministros do STF vêm do tempo que ele conduzia a Lava-Jato em Curitiba. Muitos no tribunal discordavam das medidas tomadas pelo então juiz. Especialmente na Segunda Turma do Supremo, responsável por julgar processos da Lava-Jato. Não foram poucas as vezes que o colegiado derrubou decisões de Moro na primeira instância, com a revogação ou o relaxamento de prisões impostas pelo juiz.