Ministros do STF indicados por Bolsonaro são únicos ausentes no TSE​

RIO DE JANEIRO, RJ, BRASIL, 30-10-2022: O candidato a reeleição para à Presidência da República, Jair Bolsonaro, vota na Escola Municipal Rosa da Fonseca, na Vila Militar, na zona oeste do Rio de Janeiro. (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)
RIO DE JANEIRO, RJ, BRASIL, 30-10-2022: O candidato a reeleição para à Presidência da República, Jair Bolsonaro, vota na Escola Municipal Rosa da Fonseca, na Vila Militar, na zona oeste do Rio de Janeiro. (Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - Kassio Nunes Marques e André Mendonça, os dois ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), foram os únicos integrantes da corte ausentes no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) na noite deste domingo (30).

Kassio vota no Piauí e Mendonça em Brasília.

Os demais ministros, indicados por FHC (PSDB), Lula (PT), Dilma Rousseff (PT) e Michel Temer (MDB), estiveram no local, numa tentativa de demonstrar apoio e união ao sistema eleitoral.

Kassio e Mendonça também não estiveram no local no primeiro turno. Augusto Aras, procurador-geral da República indicado duas vezes por Bolsonaro, estava no TSE ao lado da maioria dos ministros do Supremo.