Missão da AIEA na usina de Zaporizhzhia "pode ser mais curta" do que o planejado, diz fonte

KIEV (Reuters) - A missão de monitoramento da AIEA à usina nuclear de Zaporizhzhia pode ser "mais curta do que o planejado", disse uma fonte ucraniana com conhecimento da situação à Reuters nesta quinta-feira.

"A missão pode ser mais curta do que o planejado", afirmou a fonte sob condição de anonimato.

O avanço do comboio da AIEA para a usina foi adiado nesta quinta-feira por novos bombardeios em seu território, com Kiev e Moscou se acusando mutuamente de responsabilidade.

(Reportagem de Pavel Polityuk)