Miss Brasil 2021: Julia Gama é dispensada por organização do evento e lamenta não coroar sucessora

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·4 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A atual Miss Brasil, Julia Gama, usou suas redes sociais para informar que não estará presente na final do Miss Universo Brasil 2021. No início do texto onde fala sobre essa decisão, ela avaliou como "uma tristeza" o anúncio a ser feito. Julia explicou que, no entanto, esta não foi uma escolha dela e sim da organização do evento:

"Esta foi a decisão da Organização do Miss Universo Brasil, que após haver formalmente me convidado para participar do evento, há poucos dias atrás me enviou um novo e-mail dispensando minha presença. Como eles não deram explicações do porquê de tal decisão me resta respeitar a decisão deles mesmo sem entendê-la", começou a Miss na postagem.

Leia também:

Apesar da notícia ter começado de forma objetiva, a vice Miss Universo 2020 deixou clara sua indignação com o desconvite. Ela também lembrou que não será feita uma das tradições do universo Miss: a coroação da nova representante brasileira pela sua antecessora.

"Não posso dizer que sou indiferente a esta situação porque não sou. Eu dediquei tudo de mim ao título de Miss Universo Brasil para representar para o mundo a Organização Miss Universo Brasil, a cada um de vocês e o Brasil da melhor forma que eu poderia fazer. E mesmo que compartilhássemos de opiniões distintas e, até mesmo, valores conflitantes, eu acredito que juntos, eu e a Organização do Miss Universo Brasil realizamos um trabalho incrível juntos, que nos rendeu inclusive o título de Vice Miss Universo. E é olhar para tudo vivido até aqui, que me deixa triste não poder encerrar este ciclo como manda o protocolo e a tradição do Miss Brasil: com um desfile digno, um discurso de despedida e coroando minha sucessora", continuou Julia.

Leia também:

"Preciso dizer que sinto muito pelo público principalmente. O mundo Miss só existe porque vocês mantém essa chama acesa com o carinho e dedicação que vocês tem com nós misses. Eu não tenho como agradecer todo tempo que vocês dedicaram a mim em seus perfis até aqui, compartilhando este sonho junto comigo, levantando o nome do Brasil junto comigo. Como eu sempre disse, esse título não é meu, ele é NOSSO e para sempre será. Neste momento estou aqui chorando e escrevendo para vocês, porque na verdade queria dar um abraço em cada um para agradecer todo carinho e apoio que vocês me deram".

Leia também:

A edição deste ano do concurso acontece amanhã, dia 6 de novembro. Serão 27 candidatas concorrendo à coroa.

"Com minha consciência tranquila, de ter feito o meu melhor, de ter sido fiel aos meus valores e de sim, ter por vezes errado mas aprendido com meus erros, eu abro mão do meu ego (que gostaria de viver este momento especial de despedida) e digo que desejo o melhor ao evento e o sucesso da nossa nova Miss Universo Brasil. Porque antes de querer brilhar como pessoa, eu quero que o Brasil brilhe: então convido todos vocês a torcerem por ela como torceram por mim.", finalizou.

Justificativa da organização

Procurada pelo Extra, a organização do Miss Universo Brasil justificou, em nota, que a decisão teria embasamento em uma quebra de contrato por parte de Julia.

"Ao contrato realizado com a empresa, a candidata compromete-se a zelar pela imagem do concurso nacional e internacional (Miss Universe) e pelo título - cláusula esta prevista e mandatória em todos os contratos das candidatas que concorrem ao certame internacional. Ao longo dos últimos meses, contudo, a Miss gerou polêmica ao questionar na mídia e para fornecedores as regras do concurso, acusando a organização de ser ultrapassada e machista ao seguir as regras prevista ao contrato de franquia com o Miss Universe, afetando , assim, a imagem do maior concurso de beleza do mundo.A organização declara que o Miss Universo Brasil é uma franquia e segue as normas internacionais do evento", diz a declaração oficial.

Apoio nas redes sociais

Nos comentários da postagem, os seguidores da jovem escreveram mensagens de apoio. Jakelyne Oliveira, eleita Miss Brasil em 2013, escreveu:

"Que notícia triste, mas não se abale com isso, você representou nosso país lindamente e temos muito orgulho de toda sua trajetória! Você brilhará muito mais e nada e nem miguem conseguirá apagar o seu brilho. Nossa eterna Miss Brasil 2020 e vice Miss Universo".

Leia também:

A Miss Brasil 2007, Natália Guimarães, que foi vice no Miss Universo como Julia, também comentou na postagem:

"Minha linda, fica tranquila pois o reinado mais lindo você fez, e na verdade ele nunca se encerra! Você nos encheu de orgulho e marcou pra sempre nossos corações! E o melhor é que tudo está apenas começando, pode ter certeza! Você é luz e merece o mundo!!"

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos