Miss e Mister Brasil, Juliana Malveira e Antony Marquez, são coroados para mandato duplo

O Globo
·2 minuto de leitura

RIO - A modelo amazonense Juliana Malveira, de 23 anos, e o modelo piauense Antony Marquez, de 24, vencedores do concurso Miss e Mister Brasil 2019, foram recoroados para um mandato duplo na noite desta sexta-feira (18), durante uma cerimônia virtual sem a presença de plateia. Os dois continuarão com as faixas e as coroas de mulher e homem mais bonitos do pais até o fim de 2021. A decisão da organização do concurso se deve ao agravamento da pandemia do Covid-19, que impossibilitou o evento de promover as seletivas regionais.

"Nós resolvemos estender por mais um ano o reinado de vocês. Que seja um ano de vitórias, de mais conquistas e que esse reinado traga ainda mais alegrias para vocês", disse o apresentador e organizador do concurso Thiago Michelasi, surpreendendo Juliana e Antony que ainda não sabiam da decisão.

Logo depois do anúncio surpresa, Juliana e Antony deram continuidade ao evento, iniciando a Live Beleza do Bem, projeto social mantido pelo concurso, que arrecadou milhares de brinquedos para serem distribuídos à crianças carentes no período natalino.

Além do título de Miss ou Mister, os ganhadores voltarão a cumprir uma agenda de compromissos em prol da solidariedade e do bem-estar de pessoas em situações de risco ou em baixas condições financeiras, além de serem apoiadores do projeto "Salve Uma Mulher" do Ministério da Mulher e dos Direitos Humanos.

"Ser uma Miss ou um Mister é muito mais que um corpo ou rosto bonito. É se portar como um cidadão digno e de respeito, pensando principalmente no bem coletivo, em ser porta-voz do amor, da justiça e da igualdade”, ressaltou Michelasi.

Com quase 90 anos de existência o Miss e Mister Brasil é o concurso oficial do Sindicato Nacional Pró-Beleza, que durante o evento também comorou o aniversário de 101 anos de história.