Miss sofre importunação sexual em corrida de aplicativo e motorista é preso

·2 min de leitura
Adriana de Melo, Miss Universo Ilhabela 2021, sofreu importunação sexual (foto: Reprodução/Instagram @arianademelo)
Adriana de Melo, Miss Universo Ilhabela 2021, sofreu importunação sexual (foto: Reprodução/Instagram @arianademelo)

Resumo da Notícia:

  • A miss afirmou que foi assediada durante uma corrida do inDriver 

  • O motorista chegou a tocar no seio dela durante o trajeto que durou cerca de 50 minutos

  • Ela denunciou o caso na polícia e o motorista foi preso em flagrante pela polícia de São Paulo

Ariana de Melo, eleita Miss Universo Ilhabela 2021, fez um desabafo importante nas redes sociais denunciando uma importunação sexual que sofreu durante uma corrida por aplicativo na última terça-feira (26), em Barueri, na região metropolitana de São Paulo.

Durante uma corrida pelo aplicativo inDriver, ela compartilhou que ouviu xingamentos e foi tocada pelo motorista de 52 anos. O fato foi publicizado pelo “1º Jornal” da Band e o “Cidade Alerta”, da RecordTV. Eles tiveram acesso ao depoimento que ela prestou na polícia da capital.

Leia também:

A miss contou que logo após entrar no carro do motorista, ele começou a fazer perguntas mais pessoais e ao ela se identificar como modelo, a conversa ganhou um cunho sexual. Em seguida o homem tocou em partes do seu corpo sem o seu consentimento.

“Pedi para descer, não deixou. Passou a mão em mim, no meu peito, na perna. Quando comecei a gritar por socorro, ele abriu a porta e sai correndo. Ele só me libertou porque era uma rua movimentada e estava quase de frente da minha casa”, disse Ariana de Melo ao “1º Jornal”.

Nas redes sociais ela encorajou outras mulheres a não se calarem. “Ainda estou extremamente abalada e com minha honra e moral profundamente destruída, com sensação de impotência que não imaginava ser tão dolorida. Mas com o apoio dos amigos, com fé na justiça e por todas mulheres que passam diariamente por isso me superei e busquei as autoridades para que sejam tomadas todas as providências para que não haja impunidade. Mas uma rigorosa punição, que sirva de sinal, de aviso, que fatos como este não podem mais repetir. Não é possível uma mulher não poder se deslocar em paz, sem ser submetida de maneira primitiva com olhares, palavras e outras graves agressões à integridade física e moral”, escreveu.

Desde 2018 importunação sexual é considerado crime e a pena prevista na Lei é de cinco anos de prisão. A definição do crime consiste em praticar um ato libidinoso na presença de alguém, sem que essa pessoa tenha dado consentimento.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos