Missa em homenagem às vítimas dos protestos antigovernamentais no Peru

No Peru, o Arcebispo de Lima celebrou, este domingo, uma missa de homenagem às pessoas mortas durante a agitação social no país, após a destituição do Presidente Pedro Castillo.

Os protestos violentos duram há mais de um mês e o último balanço de vítimas aponta para 49 mortos.

Os peruanos exigem novas eleições e a demissão da atual chefe de Estado, Dina Boluarte.

Este domingo, o governo decidiu prolongar o estado de emergência em várias regiões do país, incluindo a capital, Lima, devido ao intensificar dos protestos. A medida confere poderes extraordinários às forças de segurança e suspende vários direitos constitucionais como, por exemplo, a liberdade de reunião ou de circulação.

De salientar que o estado de emergência tinha sido decretado a meio do passado mês de dezembro, em todo em país, mas agora vigorará apenas nas regiões de contestação mais críticas.