Missa de Sétimo Dia de Sérgio Mamberti será realizada nesta sexta, na Igreja de Santa Cecilia, em São Paulo

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Filho de Sérgio Mamberti, Carlos Mamberti informou, por suas redes sociais, que a Missa de Sétimo Dia do atorsera realizada nesta sexta-feira, às 17h30, na Igreja de Santa Cecilia, em São Paulo. O ator morreu na última sexta-feira, aos 82 anos, após seis dias internado em um hospital de São Paulo, com uma infecção nos pulmões.

Segundo informado por Carlos, a missa será celebrada pelo padre Alfredo Lima. O ator, reconhecido por papéis de destaque na TV, como o mordomo Eugênio, na novela "Vale tudo", e Dr. Victor, no "Castelo Rá-Tim-Bum", já havia sido internado, em julho deste ano, para tratar uma pneumonia.

Ao longo de mais de cinco decadas de carreira, Mamberti participou de 36 filmes, 36 novelas e cerca de 80 espetáculos teatrais (20 deles como produtor). Continuou trabalhando apesar da pandemia que obrigou os teatros a fecharem as portas. Participou de peças on-line, como "A semente da romã" e "Novo & normal", e estreou um espetáculo solo baseado na obra do dramaturgo Plínio Marcos.

Mamberti conciliou a carreira nos palcos e nas telas com a militância política. Em 1968, abrigou, em sua casa, no bairro de Bela Visa, em São Paulo, atores do espetáculo "Roda viva" agredidos pelo Comando de Caça aos Comunistas (CCC). Membro-fundador do PT, Mamberti ocupou diversos cargos nos governos dos ex-presidentes Luis Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, como a Secretaria de Música e Artes Cênicas e a de Identidade e Diversidade Cultural.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos