A misteriosa queda de um avião no mar Báltico

Imagem do voo misterioso no site FlightRadar24
Imagem do FlightRadar24 aponta local da queda da aeronave Cessna

Um jato privado Cessna caiu no domingo (04/09) em circunstâncias misteriosas no mar Báltico, na região da costa da Letônia. Destroços e combustível foram encontrados no local.

A trajetória da aeronave, que teria quatro pessoas a bordo, começou no sul da Espanha com destino à cidade alemã de Colônia. Mas durante o percurso ela mudou a rota em direção ao mar Báltico e, por isso, passou a ser seguida por aviões da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), aliança militar capitaneada pelos Estados Unidos.

Segundo pilotos da Otan e autoridades da Suécia, durante a aproximação não foi possível avistar ninguém na cabine de comando da aeronave privada.

"Controladores de tráfego aéreo não conseguiram se comunicar com a tripulação da aeronave", afirmou a Autoridade de Aviação Civil da Letônia, em comunicado sobre o incidente. Segundo o órgão, o Cessna 551 tinha registro da Áustria, mas o dono da aeronave estava na Espanha.

De acordo com o site FlightRadar24, que monitora dados de voos ao redor do mundo, o avião decolou da cidade espanhola de Jerez de la Frontera às 8h56 (horário de Brasília) e quase cinco horas depois começou a perder velocidade e altitude.

O jornal alemão Bild afirma que a tripulação da aeronave reportou problemas de pressurização logo depois da decolagem. Mas o contato por rádio se perdeu logo depois de a aeronave deixar o espaço aéreo espanhol.

Além dos jatos de países da Otan que seguiram a aeronave, equipes de resgate de Letônia, Suécia e Lituânia também foram mobilizadas em direção ao local da queda, próximo à cidade de Ventspils (Letônia).

Lars Antonsson, líder das equipes de resgate da Suécia, afirmou à agência de notícias AFP que a aeronave caiu quando ficou sem combustível e que nenhum vestígio humano foi localizado até agora. "As chances de se localizar sobreviventes são mínimas."

Antonsson disse também não ter "qualquer explicação" sobre o incidente, e que "só resta especular", mas "as pessoas a bordo estariam claramente incapacitadas nessas condições (de perda de pressão)".

Não há informações oficiais sobre quem estaria a bordo da aeronave, mas a imprensa alemã relatou que os quatro ocupantes eram o piloto e uma família (um pai, uma mãe e a filha deles) ainda não identificados.

- Este texto foi publicado em https://www.bbc.com/portuguese/internacional-62793165

Sabia que a BBC está também no Telegram? Inscreva-se no canal.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!