Mochila ajuda deficientes visuais a andar pelas ruas; entenda

Redação Notícias
·1 minuto de leitura
Mochila criada nos Estados Unidos com inteligência artificial da Intel promete ajudar deficientes visuais a andar nas ruas com segurança (Reprodução/Intel)
Mochila criada nos Estados Unidos com inteligência artificial da Intel promete ajudar deficientes visuais a andar nas ruas com segurança (Reprodução/Intel)
  • Pesquisadores desenvolvem mochila com inteligência artificial para ajudar deficiente visual

  • Bateria dura até 8 horas 

  • Item foi criado na Universidade da Geórgia, nos Estados Unidos

Pesquisadores da Universidade da Geórgia, nos Estados Unidos, desenvolveram uma mochila com IA (Inteligência Artificial) da Intel que promete ajudar quem tem deficiência visual a andar pelas ruas sem preocupação. A criação é uma opção tecnológica à guia manual e aos cães-guia. As informações são do Estadão.

Leia também:

Segundo os criadores, a inteligência artificial consegue reconhecer obstáculos pelo caminho e avisar com um comando de voz quando houver faixa de pedestres ou sinais de trânsito.

Como funciona

Depois de colocar a mochila, quem vai usar o sistema precisa também vestir uma pochete e um colete. Os dois carregam com eles sensores, câmeras, GPS e equipamentos com inteligência artificial.

Depois disso, é só dizer “iniciar” para começar a usar a tecnologia. Como os comandos são feitos por voz, também dá para dar o comando “localizar” e, assim, os aparelhos puxam no sistema lugares salvos no GPS, como casa e um restaurante favorito, por exemplo.

A bateria tem autonomia de 8h, de acordo com os desenvolvedores.

Ainda um projeto

Apesar de todos os benefícios, o sistema ainda é um projeto científico, sem previsão de ser colocado à venda. Segundo os desenvolvedores do programa, a ideia agora é deixar os dados disponíveis de forma gratuita para dar abertura para outros pesquisadores colaborarem.