Modelo trans e ex-affair de Romário, Thalita Zampirolli vende nudes no OnlyFans

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Thalita Zampirolli, a modelo transexual que viveu um affair com o ex-jogador e atual senador Romário em 2013, reapereceu nas redes sociais (Reprodução/Instagram)
Thalita Zampirolli, a modelo transexual que viveu um affair com o ex-jogador e atual senador Romário em 2013, reapereceu nas redes sociais (Reprodução/Instagram)

Lembra dela? Thalita Zampirolli, a modelo transexual que viveu um affair com o ex-jogador e atual senador Romário em 2013, reapereceu nas redes sociais com uma novidade: ela criou um perfil na famosa plataforma de conteúdo adulto OnlyFans onde vende nudes e vídeos eróticos por uma quantia de R$ 84,90 mensais.

Em agosto do ano passado, Thalita relembrou o episódio em que foi flagrada deixando uma boate no Rio de mãos dadas com Romário. Na ocasião, o senador não sabia que ela é transexual.

"Não contei. Ele não sabia", disse Thalita em entrevista ao podcast "Papagaio falante", com Sergio Mallandro e Luiz França, sem citar o nome do jogador. Os apresentadores e a modelo relembraram a história que tornou Zampirolli famosa sem tocar no nome de Romário.

Durante o papo, ela afirma que na época sofreu bastante preconceito do público e chegou até a perder trabalhos após o seu passado ter sido revelado.

"Nunca sonhei em ser famosa. Comecei a fazer trabalhos como modelo. Quando descobriram quem eu era, através de uma polêmica muita chata na minha vida, foi muito chato. Descobriram porque eu vim de uma cidade muito pequena, que é Cachoeiro de Itapemirim (ES), e lá todo conhece minha família. Quando eu fiz a cirurgia, ficou no auge da cidade, e a cidade publicou matéria. Quando descobriram quem eu era, as portas que eu tinha de trabalho, que eu conseguia me manter, pagar minhas contas, se fecharam", relembra.

 "Não tenho problema nenhum de falar sobre a minha vida, porque minha vida sempre foi um jogo aberto. E aquele exato momento, quando descobriram quem eu era, as pessoas não tinham essa cabeça que a gente tem hoje de dar forças. As pessoas tinham preconceito de querer associar a imagem de uma trans a travesti". continuou.

Casada há três anos com um americano, ela conta ainda que fez a cirurgia de mudança de sexo aos 18 anos: "Eu não cheguei a tirar. Fiz uma abertura. Eu nasci uma mulher".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos