Modrić faz história ao jogar Euros e Copas em três décadas

Modrić chegou ao seu 156º jogo com a camisa a seleção nacional diante do Marrocos. Foto: Fracois-Xavier Marit/AFP via Getty Images
Modrić chegou ao seu 156º jogo com a camisa a seleção nacional diante do Marrocos. Foto: Fracois-Xavier Marit/AFP via Getty Images

O capitão croata Luka Modrić escreveu uma nova história do futebol na partida da primeira rodada da Copa do Mundo.

O experiente jogador do Real Madrid chegou ao seu 156º jogo com a camisa a seleção nacional diante do Marrocos e entrou no Top 30 dos jogadores do mundo com mais jogos por seus países, um feito magnífico.

Leia também:

Mas a marca que mais chamou atenção foi que o croata disputou Mundiais e Euros em três décadas diferentes e ficará para sempre na história do futebol como o primeiro a fazê-lo.

Modrić disputou os Mundiais de 2006, 2014, 2018 e agora em 2022, enquanto vestiu a camisa croata nos Europeus de 2008, 2012, 2016 e 2020, lembrando que o campeonato entre seleções do velho mundo foi disputado em 2021 devido a epidemia do coronavírus.

Aos 37 anos, tudo parece indicar que o meio-campista pensa seriamente no seu futuro, tanto a nível de clubes como a nível internacional.

“Não tomei nenhuma decisão sobre ficar no Real Madrid. Só penso no Mundial e na seleção, vamos ver até onde vamos”, disse Modric, que é uma referência da seleção croata e está concentrado em sua quarta Copa do Mundo.

Ele buscará fazer história no Catar 2022, embora suas etapas já estejam bem marcadas na Seleção Croata. Ele sabe que esta é sua última chance de mostrar que está entre a elite do futebol a nível internacional. Outras estrelas como Ivan Rakitić já decidiram se afastar.

No Catar, Modric tem a oportunidade de se tornar o único futebolista a conquistar duas Bolas de Ouro na competição, repetindo o feito da Rússia em 2018.

Modric tem 16 gols com a camisa da Croácia e está atualmente na sétima posição dos artilheiros históricos do país.

A verdade é que a Copa do Mundo pode ser a última grande etapa de Modric com a Seleção Croata embora ainda não tenha dado pistas, isso pode significar sua aposentadoria internacional, pelo menos.