Mogi das Cruzes imuniza profissionais de saúde a partir de 35 anos

CLAYTON FREITAS
·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A Prefeitura de Mogi das Cruzes (Grande SP), gestão Caio Cunha (Podemos), iniciou nesta quinta (18) a vacinação de todo profissional que comprove trabalhar em estabelecimento de saúde da cidade e que tenha 35 anos ou mais. A medida vale mesmo para aqueles que não estão na linha de frente de combate à Covid-19. Assim, nutricionistas, psicólogos, fonoaudiólogos, dentistas, farmacêuticos e biomédicos, já podem ser vacinados. Em nota, a prefeitura diz que decidiu antecipar as faixas etárias para profissionais de saúde mais jovens por já ter recebido as vacinas destinadas a esses grupos, e que está seguindo o cronograma proposto e vacinando idosos a partir de 85 anos de idade ou mais. Já Embu das Artes preferiu antecipar o calendário de vacinação. Desta esta quinta começou a imunizar os idosos acima de 80 anos. Pelo cronograma do governo estadual, gestão João Doria (PSDB), esse grupo só começará a ser vacinado no dia 1º de março. Por sua vez, a Prefeitura de Vargem Grande Paulista interrompeu a vacinação de idosos de 85 anos ou mais por falta de vacinas. Dos 401 previstos nessa faixa etária, imunizou pouco mais da metade: 215. A cidade aguarda uma nova remessa de doses no dia 23 para retomar a vacinação. Guarulhos também passou a vacinar apenas idosos acamados enquanto espera novas doses. Em Cajamar, a prefeitura manteve a vacinação para idosos acima de 85 anos. Porém, suspendeu a vacinação de profissionais de saúde do setor privado e só retomará a imunização quando receber novas doses.