Monólogo transmitido da casa de Ana Beatriz Nogueira e outras peças gratuitas ou a preços populares para ver em casa

·3 minuto de leitura

RIO — O mês de agosto começa com uma série de espetáculos que serão transmitidos on-line diretamente de espaços culturais da Zona Sul — há ainda uma opção híbrida. No próximo sábado, às 21h, estreia a primeira peça inédita do ano no Teatro Com Bolso de Ana Beatriz Nogueira: é ela própria quem dirige Sandra Pêra no espetáculo solo “À procura de uma dignidade”, texto do conto homônimo de Clarice Lispector, do livro “Onde estivestes de noite”, de 1974.

A adaptação de Leonardo Netto será encenada no espaço criado e equipado por Ana Beatriz em sua própria casa, na Gávea. Repaginado, o Teatro Com (era sem) Bolso foi lançado ano passado para transmitir espetáculos remotamente como alternativa aos teatros fechados devido ao isolamento social.

A montagem conta a história de uma mulher, moradora do Leblon e frequentadora de eventos culturais, que sai para uma palestra e vai parar, por engano, no estádio do Maracanã, onde passa um longo tempo perdida entre os corredores escuros.

Ana Beatriz adianta que o texto traz temas como a sexualidade na terceira idade e a procura pela própria identidade.

— É um texto riquíssimo e bastante atual, características do universo de Clarice. Assim como um livro, a mensagem pode ganhar diferentes interpretações, até mesmo de uma única pessoa se visto mais de uma vez — diz.

Sandra ressalta o que o público pode esperar da montagem:

— Um lindo conto de Clarice Lispector, uma direção apaixonada de Ana Beatriz Nogueira e uma atriz que vai fazer sua estreia em um monólogo em tempos de pandemia.

A peça será apresentada aos sábados e domingos, sempre às 21h. Com preços populares a R$ 10, os ingressos e a exibição estarão disponíveis na plataforma Sympla, até o dia 26 de setembro.

A partir da próxima sexta, começa a temporada de “Em nome da mãe” que também traz conflitos do universo feminino ao contar, de uma perspectiva diferente, a história de uma mulher muito conhecida: Maria, a mãe de Jesus.

Com realização do Sesc RJ, o espetáculo, gravado no Teatro Ipanema, será transmitido no canal da instituição no YouTube (youtube.com/portalsescrio), com apresentações gratuitas de sexta-feira a domingo, às 19h, até o dia 29 de agosto.

O espetáculo “Em nome da mãe” aborda a jornada íntima de uma mulher jovem, pobre, não casada — e grávida, tendo por isso sofrido os preconceitos de uma sociedade conservadora, patriarcal e machista. A história milenar, escrita por homens na Bíblia, aqui é contada por sua protagonista antes de se tornar a mãe do filho de Deus. Baseada na obra homônima do premiado autor italiano Erri de Luca, a produção foi concebida e adaptada para o palco por Suzana Nascimento, que também estrela o monólogo, em sua primeira montagem no Brasil. A direção é de Miwa Yanagizawa.

A peça passeia por importantes arquétipos da alma feminina. Em cena, Suzana dá voz a três mulheres — a donzela Maria (ou Miriam, como é chamada em hebraico), a atriz (uma mulher de 43 anos) e a anciã (que carrega em si a ancestralidade feminina) — que relatam a jornada da protagonista, intercaladas com histórias da vida da própria atriz e temas da atualidade.

— Só existem seis falas atribuídas a Maria em toda a Bíblia. Pouco se escreveu sobre ela. A peça é uma investigação sobre sua jornada íntima, trazendo uma Maria profundamente humana, em plena metamorfose, se apoderando de sua própria história — conta Suzana.

Já o espetáculo “Pança” estará em cartaz entre esta quinta e o dia 9, sempre às 19h, gratuitamente, no canal no YouTube do espetáculo (Pança).

Com dramaturgia e direção de Cecilia Ripoll, a montagem constrói uma fábula, com linguagem das máscaras teatrais, para tratar da reprodutibilidade da notícia e das falhas da comunicação humana, e instiga a reflexão sobre quais os efeitos que o poder de circular ideias pelo mundo gera na sociedade. A peça foi selecionada por edital da Funarj.

SIGA O GLOBO-BAIRROS NO TWITTER (OGlobo_Bairros)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos