Monark entra em nova polêmica: 'Todo mundo deveria tomar vacina, mas ninguém deveria ser obrigado'

·1 min de leitura

Figura polêmica na internet, o apresentador do Flow Podcast, Monark, foi parar entre os assuntos mais comentados do Twitter nesta terça-feira (04). A polêmica começou com um tweet do próprio em seu perfil em que dizia: "Todo mundo deveria tomar vacina, mas ninguém deveria ser obrigado. Conscientização é a solução, não a força".

A declaração dividiu opiniões — apesar de a maioria ser contrária — e até o momento acumula quase 9 mil curtidas e 435 comentários. Entre eles, um usuário discordou dizendo que o conceito de liberdade de Monark é falho.

"Seu conceito de liberdade é falho. Não existe liberdade plena e irrestrita em uma sociedade. Toda escolha traz consequência. Ninguém pode te obrigar a se vacinar, mas se escolher essa opção, precisa respeitar as consequências disso"

O jornalista esportivo André Rizek parece ter entrado na polêmica, sem citar o podcaster. "Você acha que tudo bem uma pessoa com HIV transar por aí sem camisinha, em nome de "liberdade individual"? Ou que ela tem a obrigação de se proteger - para proteger outras pessoas? Para saber se a burrice ou canalhice dos antivax é apenas com Covid, ou se estende a todos os vírus", escreveu.

Há quem diga que tudo não passa de uma estratégia de marketing para manter o nome em alta, no estilo, "falem mal, mas falem de mim".

Nos últimos tempos, o apresentador vem sendo alvo de xingamentos e ironias nas redes. Usuários do Twitter compartilham trechos de entrevistas (os “Cortes do Flow”) em que, na visão deles, os convidados pareciam destruir de forma didática os argumentos de Monark.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos