Monterrey, no México, raciona água a 6 horas por dia, em meio à seca

MONTERREY, México (Reuters) - A cidade mexicana de Monterrey, na fronteira com os Estados Unidos, está limitando o acesso à água aos moradores a uma janela de apenas seis horas, em resposta a uma histórica seca na região, disseram autoridades nesta sexta-feira.

Grande pólo comercial cuja área metropolitana abriga 5,3 milhões de pessoas, Monterrey permitirá o uso de água entre às 4h e às 10h diariamente. A política anterior restringia a água durante um dia por semana, com base na localização.

A medida é a mais recente das autoridades para lidar com a falta de água na região. A demanda atualmente é maior do que a oferta em cerca de 2,5 metros cúbicos por segundo, afirmou o diretor-geral de Serviços de Água e Drenagem da cidade, Juan Ignacio Barragán, em uma entrevista coletiva.

O Estado de Nuevo León, onde está Monterrey, cada vez mais tem passado por temperaturas acima dos 40 graus celsius e entrou em estado de emergência por uma “extrema seca” em fevereiro. A região está com quantidades de chuva abaixo do esperado desde 2015, disse Barragán.

(Reportagem de Laura Gottesdiener em Monterrey)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos