1 / 4

Moradores do Paraná fazem sucesso ao criarem "cãodomínio" para animais de rua

Reprodução/Facebook Eldorado Ecoexperience

Moradores do Paraná fazem sucesso ao criarem "cãodomínio" para animais de rua

O Brasil é um dos países com maior número de animais abandonados, somando 30 milhões de acordo com dados de 2014 da Organização Mundial de Saúde. Os cães são a maior parcela desse número, cerca de 20 milhões, e os moradores da cidade de Ponta Grossa, no Paraná, encontraram uma alternativa para ajudá-los.

Com as baixas temperaturas se aproximando, a população se uniu para construir uma casa comunitária para proteger os animais. Batizado de Cãodomínio, o lar de cães conta com cobertores e traz estampado na fachada a Lei Estadual 17.422/2012 que, no artigo 7°, institui o Cão Comunitário. O trecho ressalta que “o animal reconhecido como comunitário será recolhido, esterilizado, identificado, registrado e devolvido à comunidade de origem”.

Por enquanto, quatro cães habitam o Cãodomínio: Sorriso, Branca, Grandão e Preta. Quem sabe melhor que ter um lar comunitário eles enfim consigam uma nova casa com donos que os adote.