Moradores de Piratininga, na Região Oceânica de Niterói, reclamam de ciclovia

·2 min de leitura

NITERÓI — Moradores de Piratininga que estão insatisfeitos com a instalação da ciclovia segregada na Avenida Almirante Tamandaré pretendem acionar a Justiça para que a prefeitura reverta a obra. Eles dizem que o trânsito no local piorou e sugerem que os extensos engarrafamentos são decorrentes da faixa exclusiva para ciclistas, que estaria ocupando uma pista para carros. A administração municipal rebate, destacando a importância da malha cicloviária, e diz que os congestionamentos melhorarão com o fim das obras.

Morador do bairro, o advogado Leonardo Honorato se queixa do trânsito e diz que, junto com a associação de moradores, pretende ajuizar uma ação para solicitar que a obra seja desfeita.

— A prefeitura comeu metade da rua com a ciclovia. Todo dia estamos enfrentando cerca de meia hora em um trecho que não tem nem cinco quilômetros. Em dias de semana já é um caos no trânsito, imagina em um domingo de sol no verão? — questiona o morador.

Em nota, a prefeitura ressalta que a requalificação da ciclovia na Almirante Tamandaré vai permitir o acesso seguro por bicicleta a Piratininga, conectando a pista à ciclovia da Praia de Piratininga e à ciclofaixa da Avenida Doutor Acurcio Torres, através de uma via que hoje já recebe um número expressivo de ciclistas.

“É uma intervenção que está alinhada com a Política Nacional de Mobilidade Urbana, o Plano Diretor do município e também o Plano de Mobilidade Urbana Sustentável, que está em fase final de elaboração. O projeto transforma a ciclofaixa existente em uma ciclovia segregada e segura. O número de faixas de circulação da via foi mantido, e o estacionamento será regulamentado ao longo de todo o trecho. Será implantada ainda uma faixa de pedestres para servir aos usuários dos pontos de ônibus junto à entrada de Camboinhas e criado um recuo para a parada desses coletivos no local. Os transtornos causados pela obra serão breves, com entrega da fase bruta ainda este mês. Neste período, a operação de tráfego foi reforçada pela Nittrans no local”, explica a prefeitura.

SIGA O GLOBO-BAIRROS NO TWITTER (OGlobo_Bairros)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos