Moraes autoriza blogueiro bolsonarista em prisão domiciliar ir a culto evangélico

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes concedeu permissão para que o blogueiro bolsonarista Oswaldo Eustáquio compareça a um culto evangélico em Taguatinga, cidade a 20 quilômetros do centro da capital federal. Segundo a decisão, ele poderá sair de casa neste domingo, das 18h30 às 20h30. O uso de tornozeleira eletrônica é obrigatório para monitoramento.

Eustáquio, que tem blog e canal no YouTube com conteúdo alinhado ao governo Bolsonaro, está preso em casa desde janeiro por decisão de Moraes. O ministro declarou a prisão preventiva em 18 de dezembro do ano passado depois que o blogueiro descumpriu a prisão domiciliar para ir ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos sem autorização.

Nesta quinta, ele foi condenado por cometer injúria contra o youtuber Felipe Neto. Pela decisão, deverá pagar R$ 9.300 por declarar que o empresário “incentiva a erotização das crianças, faz apologia à pedofilia e relativiza crimes de estupro”, entre outras falas.

O blogueiro, apoiador do núcleo duro do presidente, é investigado em inquérito sobre atos antidemocráticos. Durante as últimas eleições presidenciais, ele publicou mensagens que desinformam sobre o sistema eleitoral no Twitter.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos