Moraes autoriza três novos inquéritos para investigar atos terroristas

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou a abertura de mais três inquéritos para investigar os atos terroristas do dia 8 de janeiro. A medida atende a um pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR).

Um dos inquéritos vai apurar os financiadores dos atos, outro vai ficar nas pessoas que instigaram as manifestações golpistas e um terceiro irá focar nos executores dos crimes, exceto os que foram presos em flagrante.

Serão investigados crimes de terrorismo, associação criminosa, tentativa de abolição violenta do Estado Democrático de Direito, tentativa de golpe de Estado, ameaça, perseguição e incitação ao crime.

Ao todo, sete inquéritos já foram abertos pelo STF para investigar os atos do dia 8. Um deles investiga a suposta omissão de autoridades do Distrito Federal, como o governador afastado, Ibaneis Rocha, e o ex-ministro e ex-secretário Anderson Torres.