Moraes exalta comparecimento de eleitores no 1º turno: 'População acredita nas urnas'

Moraes exalta comparecimento de eleitores no 1º turno: 'População acredita nas urnas'. Foto: Reprodução /Youtube.
Moraes exalta comparecimento de eleitores no 1º turno: 'População acredita nas urnas'. Foto: Reprodução /Youtube.

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Alexandre de Moraes, falou com a imprensa na noite deste domingo (2) para avaliar as eleições. Ele disse que o dia de votação mostrou a "maturidade democrática" da sociedade. Após agradecimentos a mesários, colégios eleitorais, servidores e tribunais regionais, ele afirmou que as eleições "ocorreram de forma segura, tranquila e harmônica".

"As eleitoras e eleitores se dirigiram às seções eleitorais, votaram, escolheram seus candidatos em absoluta paz e absoluta segurança", disse. O ministro chamou a data do pleito de "festa da democracia", ressaltando a segurança das urnas eletrônicas.

"Agradeço a imprensa, jornalistas, que muitos auxiliaram para divulgar teste de integridade, o projeto piloto de biometria, divulgar novas urnas, para tornar transparente o que sempre foi transparente. Para mostrar que é seguro o que sempre foi seguro. Para mostrar que eletrônicas urnas ele representam, no boletim de urna, a vontade popular", declarou.

O ministro também afirmou que não houve ocorrência grave relacionada às eleições ao longo de todo o dia. "Não tivemos intercorrência gravíssima relacionada a diferenças políticas e ideológicas", ressaltou o presidente do TSE. Moraes estava acompanhado da presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Rosa Weber, e do presidente do Congresso, Rodrigo Pacheco (PSD-MG).

"Nunca tive dúvidas de que a esmagadora maioria da população brasileira acredita fielmente nas urnas eletrônicas, e o comparecimento hoje e aumento dos votos válidos demonstra essa confiança na Justiça eleitoral", defendeu Moraes, recordando os ataques que foram feitos ao TSE.

"Clima tranquilo"

Apesar da lentidão e das filas, o ministro considerou que a eleição tem ocorrido de forma "tranquila e harmoniosa" ao longo deste domingo.

"Eleição absolutamente tranquila, um clima tranquilo. Eu votei cedo em São Paulo, depois passei no TRE de São Paulo, conversei com o presidente. Vim para Brasília, passei em dois locais. Nós percebemos um clima ameno, tranquilo", disse durante coletiva de imprensa na tarde deste domingo.

O presidente do TSE ainda garantiu que não foram registradas pela Justiça Eleitoral ocorrências relacionadas ao descumprimento de medidas estabelecidas para esta eleição, como, por exemplo, a proibição do porte de armas nas imediações da seção eleitoral.