Moraes determina prisão de ex-comandante da Polícia Militar do DF

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou nesta terça-feira a prisão do ex-comandante-geral da Polícia Militar do Distrito Federal coronel Fábio Augusto. O coronel foi exonerado do cargo na segunda-feira pelo interventor federal na segurança do DF, Ricardo Cappelli.

Financiadores: Dono de ônibus que transportou golpistas é ligado a Carla Zambelli e filiado ao Republicanos

A atuação da Polícia Militar nos atos terroristas na Esplanada dos Ministérios, no domingo, foi criticada por diversas autoridades, entre elas o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e motivou a decretação da intervenção.

No domingo, Moraes já havia afastado por 90 dias o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, devido ao que ele considerou como "conduta dolosamente omissiva".