Moraes, Dilma e ministros participam de posse de Lula no Congresso

BRASÍLIA, DF, 01.01.2023 - PÚBLICO-POSSE-LULA - Apoiadores e militantes de esquerda chegam à Esplanada dos Ministérios, em Brasília, para a posse do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva, neste domingo (1º). (Foto:Gabriela Biló/Folhapress)
BRASÍLIA, DF, 01.01.2023 - PÚBLICO-POSSE-LULA - Apoiadores e militantes de esquerda chegam à Esplanada dos Ministérios, em Brasília, para a posse do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva, neste domingo (1º). (Foto:Gabriela Biló/Folhapress)

SÃO PAULO, SP, E BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - A ex-presidente Dilma Rousseff, futuros ministros, parlamentares e integrantes do STF (Supremo Tribunal Federal) começaram a chegar ao Congresso para a posse do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

O futuro ministro da Fazenda, Fernando Haddad (PT), não falou com a imprensa. Já Luiz Marinho (PT), que assume a pasta do Trabalho, afirmou que o dia é de festa e que tratará das questões do ministério a partir de terça-feira (3).

Os ministros do STF (Supremo Tribunal Federal) Ricardo Lewandowski, Alexandre de Moraes e Dias Toffoli também chegaram ao Congresso.

O líder do governo na Câmara, deputado José Guimarães (PT-CE), afirmou que Lula está tranquilo, confiante e também emocionado. Segundo ele, a reconstrução da democracia e do pacto federativo são as prioridades do novo governo.

A senadora Soraya Thronicke (União-MS), que foi candidata à Presidência, afirmou que fará uma oposição racional e disse que achou positiva a escolha de Lula para o ministério, inclusive a quantidade de mulheres. "Hoje estou aqui comemorando com todos os brasileiros que a democracia venceu", disse.