Moraes prorroga por 90 dias inquéritos das fake news e dos atos antidemocráticos

André de Souza e Aguirre Talento
·1 minuto de leitura

BRASÍLIA - O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), prorrogou por 90 dias dois inquéritos que têm dado dor de cabeça a apoiadores a aliados do presidente Jair Bolsonaro. Um deles investiga ataques e críticas à Corte, tendo ficado popularmente conhecido como "inquérito das fake news". O outro investiga atos antidemocráticos, a pedido da Procuradoria-Geral da República.

A Polícia Federal (PF) finalizou no fim do ano passado as diligências solicitadas pela PGR no inquérito dos atos antidemocráticos. Depois disso, o ministro Alexandre de Moraes enviou o caso para análise da PGR sobre a continuidade das investigações e a eventual necessidade de novas diligências.

Já o inquérito das fake news atualmente tem diligências feitas pela PF a respeito do megavazamento de dados sigilosos de brasileiros.