Moraes, do STF, solicita manifestação da PGR sobre pedido de afastamento do ministro Ricardo Salles

·1 minuto de leitura

Brasília - O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), pediu nesta sexta-feira que a Procuradoria-Geral da República (PGR) se manifeste sobre um pedido de afastamento do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, apresentado à Corte.

A solicitação foi feita por uma advogada no processo que investiga a atuação do ministro do Meio Ambiente e que culminou na Operação Akuanduba, autorizada por Moraes. Antes de decidir sobre o pedido, o ministro do STF solicitou uma opinião da PGR a respeito.Os autores do pedido de afastamento de Salles usam como argumento a informação de que o ministro não entregou o aparelho de celular à Polícia Federal, mesmo que o objeto tenha sido alvo de mandado de busca e apreensão.Eles alegam que "ao ocultar seu celular e mudar o número de telefone no curso das investigações (conforme noticiado no Jornal Nacional), delas tendo ciência, o noticiado, que como Ministro tem dever legal de cumprir ordens judicias de outros Poderes, incorreu, em tese, em tipos penais e de improbidade administrativa, visando obstruir a aplicação da lei penal e embaraçando a investigação de organização criminosa transnacional".Agora, a Procuradoria-Geral da República terá cinco dias para se manifestar a respeito do pedido.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos