China nomeia 5 conselheiros de Estado e 4 novos vice-primeiros-ministros

Xangai (China), 19 mar (EFE).- O plenário da Assembleia Nacional Popular (ANP, Legislativo) aprovou nesta segunda-feira a nomeação de quatro novos vice-primeiros-ministros do governo da China (Han Zheng, Sun Chunlan, Hu Chunhua e Liu He) e de cinco conselheiros de Estado, dos quais dois já ocuparam o cargo.

Membro do Comitê Permanente do Politburo do Partido Comunista da China (PCCh), Han Zheng era até 2012 prefeito da cidade de Xangai e depois foi nomeado secretário local do PCCh, o cargo político mais alto da cidade.

Sun Chunlan, a única mulher, foi secretária do Partido Comunista na província de Fujian e da municipalidade de Tianjin. Entre 2014 e 2017, foi diretora do Departamento de Trabalho da Frente Unida do Comitê Central do partido.

Por sua vez, Hu Chunhua se tornou o governador mais jovem da China quando assumiu o cargo na província de Hebei em 2008. Após isso, foi secretário do PCCh da Mongólia Interior em 2009 e a partir de 2012 exerceu esse mesmo cargo na província de Cantão.

Liu He era até agora vice-presidente da Comissão Nacional de Desenvolvimento e Reforma (NDRC) e era o principal assessor econômico do presidente Xi Jinping.

Entre os conselheiros de Estado nomeados hoje como parte da renovação hierárquica do governo chinês, se repetem no cargo Zhao Kezhi e Wang Yong, enquanto três o ocupam pela primeira vez, Wei Fenghe, Wang Yi e Xiao Jie.

Wei Fenghe, general do exército, é a partir de hoje também ministro da Defesa, enquanto, Xiao Jie deixa o Ministério de Finanças e Wang Yi se mantém à frente da pasta de Relações Exteriores.

Na sessão realizada hoje no Grande Palácio do Povo, também foram votadas mudanças à frente de 11 ministérios e instituições com categoria ministerial.

No fim de semana também foi aprovado, por unanimidade, que Xi Jinping seja presidente da China por um segundo mandato, e também a nomeação de Wang Qishan como novo vice-presidente e a reeleição de Li Keqiang como primeiro-ministro. EFE