Moro declara voto em Gentili para Presidência da República

Redação Notícias
·2 minuto de leitura
Moro e Gentili (Fotos: AP/Eraldo Peres e Divulgação/SBT)
Sergio Moro e Danilo Gentili (Fotos: AP/Eraldo Peres e Divulgação/SBT)
  • Ex-juiz Sergio Moro disse que votaria em Danilo Gentili para presidente da República se ele for candidato

  • Opinião foi revelada em coluna que Moro escreve para revista Crusoé

  • MBL cogita apoiar candidatura de Gentili

Cotado para as eleições presidenciais de 2022, o ex-juiz e ex-ministro Sergio Moro afirmou que votaria no apresentador Danilo Gentili, do SBT, para presidente da República, caso ele seja candidato. A opinião foi divulgada nesta sexta-feira (9) na coluna que Moro escreve para a revista Crusoé.

No começo do texto, o ex-juiz da Lava Jato diz que tem visto televisão com pouca frequência, mas que costuma assistir o programa “Manhattan Connection”, da TV Cultura, no qual foi abordada a possibilidade de Gentili ser candidato a presidente. Moro, então, manifesta seu voto.

Leia também

"Um dos poucos programas a que tenho assistido é o Manhattan Connection. O ambiente descontraído, a qualidade dos âncoras, a relevância e a heterogeneidade dos convidados têm sido um atrativo. Em um deles, quase foi lançada a candidatura presidencial do Danilo Gentili - que, aliás, teria o meu voto", escreveu Moro, continuando a defender o programa na sequência.

Sergio Moro atualmente trabalha na consultoria norte-americana Alvarez & Marsal, empresa que já faturou R$ 17,6 milhões com o processo de recuperação judicial do grupo Odebrecht.

Um dos apresentadores do Manhattan Connection, por exemplo, Diogo Mainardi é fundador da revista Crusoé.

Como o ex-ministro da Justiça, Gentili já foi apoiador do atual presidente, Jair Bolsonaro, mas atualmente critica o governo federal nas redes sociais.

O Movimento Brasil Livre (MBL) cogita lançar Danilo Gentili como candidato à presidência da República em 2022 e, para isso, contratou uma pesquisa para testar o nome do apresentador. A informação foi divulgada nesta semana na coluna de Mônica Bergamo na Folha de S.Paulo.

O humorista apareceu com 4% das intenções de voto, empatado com o apresentador Luciano Huck, além do governador de São Paulo, João Doria, do ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta e de Ciro Gomes.

Sem comentar sobre uma eventual candidatura, Gentili divulgou o resultado da pesquisa no Twitter e escreveu “obrigado pela confiança”.