Moro se encontra com Joaquim Barbosa para discutir rumos do país e reforma do Judiciário

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

RIO — O ex-ministro da Justiça Sergio Moro, pré-candidato à Presidência, se encontrou, nesta segunda-feira, com o ex-ministro Joaquim Barbosa, do Supremo Tribunal Federal (STF), no Rio de Janeiro. O ex-juiz da 13ª Vara Federal de Curitiba procurou Barbosa para conversar sobre o futuro do país, os possíveis efeitos da polarização entre o presidente Jair Bolsonaro e o ex-presidente Lula no processo eleitoral deste ano e ouvir o ex-magistrado sobre a necessidade de uma reforma do Judiciário.

Apesar da vontade de ter o apoio do ex-ministro do STF nas eleições, Moro evitou falar sobre alianças com vistas ao pleito deste ano, de acordo com interlocutores do ex-ministro de Jair Bolsonaro.

Desde que deixou o Supremo em 2014, Barbosa é cortejado para uma candidatura ao Planalto. Filiado ao PSB, o relator do mensalão chegou a ser cogitado para disputar o pleito de 2018, mas acabou desistindo alegando "decisão pessoal". Na época, anunciou apoio ao então candidato do PT, Fernando Haddad, que disputou o segundo turno contra Bolsonaro.

Na época, Barbosa explicou, em sua conta no Twitter, que o voto era uma escolha racional, e que como um dos candidatos “inspira” medo, em referência a Bolsonaro, ele optava por Haddad.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos