Morre Alan White, baterista da banda britânica Yes, aos 72 anos

Morreu nesta quinta-feira (26), em Seattle, aos 72 anos, Alan White, baterista da banda britânica de rock progressivo Yes. A notícia foi dada pela esposa do músico nas redes sociais. Ela descreveu o motivo da morte como um "mal repentino", sem dar mais detalhes. Além de Rogena White, sua esposa, com quem era casado desde 1981, ele deixa dois filhos, Jesse e Cassi.

“Alan White, nosso amado marido, pai e avô, faleceu aos 72 anos em sua casa na área de Seattle, em 26 de maio de 2022, após um mal repentino. Ao longo de sua vida e seis décadas de carreira, Alan foi muitas coisas para muitas pessoas: uma estrela do rock reconhecido por fãs ao redor do mundo, companheiro de banda para alguns seletos, cavalheiro e amigo para todos que o conheceram", dizia a publicação.

Nascido na pequena cidade de Durham, noroeste da Inglaterra, Alan White entrou para o Yes em 1972, quatro anos após a formação original do grupo, substituindo o baterista Bill Bruford. Antes disso, ele já havia trabalhado com John Lennon na Plastic Ono Band, projeto solo do ex-beatle, chegando a participar da gravação de faixas do disco "Imagine" (1971), incluindo a canção que dá nome ao álbum. ele também tocou com nomes como George Harrison, Ginger Baker, Terry Reid, Joe Cocker, Gary Wright, Doris Troy e Billy Preston, entre outros.

O Yes já havia comunicado aos fãs que, por questões de saúde, White não participaria da próxima turnê que comemora 50 anos do álbum "Close to the Edge" (1972). O baterista Jay Schellen o substituiria. Depois da morte do baixista Chris Squire, em 2015, Allan White era o músico mais velho da atual formação da banda. Desde 2017, ele integrava o Rock n Roll Hall of Fame, nos Estados Unidos, como membro do Yes.

Em texto publicado nas redes sociais, a banda descreveu Alan como sendo considerado "um dos melhores bateristas de rock de todos os tempos", acrescentando que "a notícia chocou e surpreendeu toda a família Yes". Ainda segundo a nota, Alan já estava afastado do trabalho na banda desde 2016 por problemas de saúde. "Alan faleceu em paz, em casa", dizia o comunicado.


Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos