Morre Alexi Laiho, líder do Children of Bodom, expoente finlandês do heavy metal

O Globo
·1 minuto de leitura

RIO - Guitarrista e vocalista do Children of Bodom, um dos grupos mais celebrados do heavy metal do Século XXI, Alexi Laiho morreu na semana passada em sua casa na Finlândia, segundo confirmou esta segunda-feira um comunicado de sua assessoria de imprensa. Não foi divulgada a causa da morte, apenas a informação de que o músico, de 41 anos, sofria há bastante tempo com problemas de saúde.

Nascido em Espoo, Finlândia, em 1979, Laiho formou em 1993 o grupo Inearthed, que quatro anos depois mudaria seu nome para Children of Bodom. Com um estilo que ficava entre o death metal melódico e o power metal, ele lançou uma série de álbuns de sucesso, entre eles "Blooddrunk" (2008) e "Skeletons in the closet" (2009), só de covers, entre os quais se destaca um muito bem-humorado de "Oops!... I did it again", de Britney Spears.

O Children of Bodom percorreu o Brasil em turnê em 2016 e se apresentou no Rio de Janeiro, no Circo Voador. Em 2019, o grupo fez seu último show, em Helsinque. No ano seguinte, Alex Laiho formou o Bodom After Midnight, que gravou três músicas e um vídeo que será lançado postumamente, segundo seu assessor de imprensa. Um virtuoso da guitarra, o músico também tocou com o Warmen, Kylähullut, Sinergy e outros grupos de metal.

“Estamos arrasados com a morte repentina de nosso querido amigo e membro da banda”, escreveram os membros sobreviventes do Bodom After Midnight. “Palavras não podem descrever este choque e a profunda tristeza que sentimos.” Já a esposa de Laiho, Kelli Wright-Laiho, disse em um comunicado: “Alexi foi o marido e pai mais amoroso e magnífico. Nossos corações estão eternamente partidos.”