Morre aos 70 anos o cantor e compositor Belchior

Flickr/Divulgação

Morreu na noite de sábado, dia 29, na cidade de Santa Cruz, no Rio Grande do Sul, o cantor e compositor Belchior, aos 70 anos. A causa da morte ainda é desconhecida.

Nascido em Sobral, no Ceará, em 26 de outubro de 1946, Belchior entrou em contato com a música através do estudo na escolar e com a cultura popular nas ruas. Estudou medicina, mas no quarto ano da universidade largou tudo para seguir carreira como cantor e compositor. Tentou a sorte em festivais estudantis entre 1965 e 1970, e tornou-se apresentador de um programa musical na tv local, em Fortaleza.

Sucesso popular e de crítica nos anos 1970 até o início dos 80, Antonio Carlos Belchior teve uma longa trajetória fonográfica até 1999. Mesmo sem lançar discos nas últimas duas décadas, tornou-se pop e viu trabalhos como o disco “Alucinação”, de 1976, serem aclamados como obras fundamentais da MPB.

O “sumiço” imposto por vontade própria só aumentou o culto a suas músicas, incluindo clássicos como “Apenas um rapaz latino-americano”, “Paralelas” e “Medo de Avião”.

O governador do Ceará, Camilo Santana, decretou luto oficial de três dias. O corpo do cantor deve ser levado para a cidade de Sobral, onde deverá ser realizado o velório e o enterro.

Com informações do O Globo.