Morre a atriz Marina Miranda, aos 90 anos, conhecida pela Dona Charanga, entre outros personagens

·2 minuto de leitura

A atriz Marina Miranda morreu na noite da última segunda-feira, aos 90 anos. Ela estava internada no Hospital Municipal Miguel Couto, na Zona Sul do Rio de Janeiro, para onde foi transferida no último domingo, depois de ser atendida em uma UPA. Marina estava com infecção urinária e problemas pulmonares, ela também sofria de Mal de Alzheimer. A morte foi confirmada pelo Secretaria Municipal de Saúde, responsável pela unidade onde ela estava internada.

Marina Miranda fez diversos personagens que marcaram o humor na televisão brasileira. Entre eles, está a Dona Charanga, da "Escolinha do Professor Raimundo". Com Os Trapalhões, ela também interpretou vários personagens. Nas novelas, Marina participou do elenco de tramas como "Dancin' Days", "A gata comeu" e "Vereda Tropical", entre outras. Um dos primeiros sucessos da atriz foi no programa "Balança, mas não cai", que ela atuava ao lado do ator Tião Macalé. A atração foi ao ar na TV Globo em 1968, mas já fazia sucesso na Rádio Nacional na década anterior.

Filha da atriz, Sylvia Miranda já havia usado as suas redes sociais para comunicar os fãs sobre o estado de saúde da mãe. Desde domingo, já se sabia que ela tinha entrado em coma e que seu quadro era irreversível.

Até segunda-feira, a família e amigos tentavam a transferência da atriz para um hospital particular da cidade.

"As coisas ainda estão muito desencontradas por conta dessa trasferência da UPA para o Miguel Couto. Foram oito médicos atendendo ela, com pareceres diferentes. Mas o que a gente sabe de concreto agora é que ela não acorda, devido ao Alzheimer", explicou Sylvia, em sua conta de Instagram.

Famosos lamentam a morte da atriz

Famosos usaram as redes sociais para lamentar a morte de Marina Miranda. Hélio de La Peña foi um dos primeiros famosos a falar sobre a morte da atriz. "Marina Miranda foi um ícone pouco reconhecido. Por décadas foi uma mulher preta pioneira no humor irreverente, iconoclasta, abusado. Marina alegrou muito a minha infância", escreveu o humorista.

A atriz Isabela Garcia também lamentou a morte de Marina e postou uma imagem no Instagram dela caracterizada como Dona Charanga. Na legenda de uma foto na mesma social, Lucio Mauro Filho elogiou a humorista e disse que ela tem um lugar garantido no Olimpo da comédia brasileira.

"Uma amiga de toda a minha família, uma das primeiras incentivadoras da minha carreira, brigava com meu pai quando ele não me deixava fazer graça. Sempre prestigiou todos os meus espetáculos, com aquele amor, aquela torcida de mãe! Participou dos principais humorísticos da televisão brasileira, como "Balança mas não cai", "Os trapalhões", "Escolinha do professor Raimundo", afirmou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos