Morre Ciro Pereira, vice-presidente do Theatro Municipal do Rio, aos 73 anos

Morreu nesta quarta-feira, 18, Ciro Pereira da Silva, vice-presidente do Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Ele estava internado no CTI semi-intensivo da Casa de Saúde São José, no Rio, há mais de um mês, onde lutava contra complicações surgidas após uma cirurgia na coluna.

Grande dama do balé: Tatiana Leskova chega aos 100 anos sem perder apresentações no Theatro Municipal

Ciro Pereira tinha uma relação de mais de 40 anos com o Municipal do Rio, onde chegou no fim dos anos 1970 levado por Arnaldo Niskier, então Secretário de Educação e Cultura do estado do Rio de Janeiro. Começou como administrador, foi coordenador da Central Técnica de Produção e chegou a presidir a casa depois da demissão de Fernando Bicudo, em 2018. Na atual gestão, com Clara Paulino a frente da Fundação Theatro Municipal, Ciro Pereira era vice-presidente do Municipal. Conhecia a casa como poucos e era considerado uma enciclopédia sobre o teatro.

Ciro Pereira foi também diretor do Teatro João Caetano e, em 2008, assumiu a presidência da Funarj (Fundação Anita Mantuano de Artes do Estado do Rio de Janeiro), vinculada à Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa e instituição responsável pela rede de teatros, museus, escolas de arte e música, centros culturais e e salas de concerto do estado. Foi ainda um dos fundadores do Sintac-RJ (Sindicato dos Trabalhadores das Entidades Públicas e da Ação Cultural do Estado do Rio de Janeiro), que representa os trabalhadores do Municipal, da Funarj e Secec.

O velório de Ciro Pereira da Silva será realizado no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, nesta quinta, das 10h às 12h. O enterro será no Cemitério São João Batista.