Morre de Covid deputado de MT autor de lei contra obrigatoriedade da vacina

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Morreu no início da tarde deste sábado (13) o deputado estadual do Mato Grosso Silvio Antônio Fávero (PSL), aos 54 anos, por complicações da Covid-19. O parlamentar estava internado desde a quinta-feira da semana passada (4). Segundo a assessoria de imprensa, o quadro de saúde se agravou nesta madrugada, e o deputado teve infecção generalizada. Silvio Fávero apresentou em fevereiro deste ano um projeto de lei estadual "para assegurar o direto de o cidadão escolher ou não pela sua vacinação". Fávaro também se manifestava a favor do uso de medicamentos que não têm eficácia comprovada contra a Covid-19 e compartilhava publicações do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) criticando medidas de isolamento social. Em nota, a família do deputado agradeceu por todas as orações e manifestações positivas: "Deus receba em paz nosso grande guerreiro, que bravamente lutou pela vida e hoje, com muita fé em Deus, segue aos braços do Pai Maior". O governador Mauro Mendes (DEM) lamentou a morte do deputado e anunciou que irá decretar luto oficial de três dias. "Favero deixou sua marca na história de Mato Grosso, lutando por aquilo que acreditava ser o certo. Um companheiro do estado na busca das melhores condições para os mato-grossenses. Eu e minha esposa desejamos força neste momento de luto à toda família e que Deus possa abençoá-lo e recebê-lo de braços abertos", declarou o governo em nota.