Morre Ivana Trump, primeira mulher do ex-presidente Donald Trump

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Ivana Trump, a primeira mulher do ex-presidente dos EUA Donald Trump, morreu nesta quinta-feira (14) aos 73 anos. A informação foi confirmada pelo próprio republicano na plataforma Truth Social.

"Sinto muita tristeza em informar a todos aqueles que a amaram, e que são muitos, que Ivana morreu em sua casa em Nova York", escreveu Donald Trump na plataforma desenvolvida por ele. A causa da morte não foi divulgada.

Ivana e Donald se casaram em 1977 e tiveram três filhos: Donald Jr., Ivanka e Eric. Eles se divorciaram em 1992. "Ivana Trump foi uma sobrevivente. Ela fugiu do comunismo e abraçou este país. Ela ensinou seus filhos sobre coragem e dureza, compaixão e determinação", disse a família em comunicado divulgado pelo canal americano ABC News.

Ivana nasceu e cresceu sob o regime comunista da antiga Thecoslováquia. Ela imigrou para o Canadá antes de ir para os EUA, onde trabalhou como modelo, escritora e empresária.

Em outubro de 2017, poucos meses após a chegada de Trump à Casa Branca, Ivana publicou o livro "Raising Trump", em que contava ter ensinado aos filhos "o valor do dinheiro, de não mentir, nem trapacear ou nem roubar, além de respeitar o próximo".

Depois de Ivana, Donald Trump se casou com a atriz Marla Maples, com quem teve outra filha, Tiffany. Desde 2005 ele é casado com a ex-modelo eslovena-americana Melania Trump.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos