Morre Izael Cadeira, do Demônios da Garoa, de Covid-19

Extra
·1 minuto de leitura

O músico Izael Cadeira, integrante do grupo Demônios da Garoa, morreu na última segunda-feira, dia 15, aos 79 anos, por complicações da Covid-19. O artista estava internado desde o início de fevereiro e a banda já tinha pedido orações pelo amigo.

"É com profunda tristeza e com nossos corações completamente apertados que comunicamos a todos o falecimento do nosso amado irmão Izael. Ainda estamos sem acreditar que perdemos uma das vozes mais lindas desse País, um ser humano ímpar e que vai deixar muitas saudades. Que Deus em sua infinita bondade possa confortar o coração de todos os familiares, amigos e fãs. Descanse em Paz e com um trecho de uma música que o Senhor gravou lindamente nos despedimos: 'Se todos fossem iguais a você, que maravilha viver", diz a nota oficial do grupo.

Izael entrou para o grupo em 1999 e, além de cantar, tocava timba. O músico deixa mulher, cinco filhos, nove netos e um bisneto.

De acordo com informações do G1, o sepultamento será realizado no cemitério Parque dos Pinheiros, na Zona Norte de São Paulo.