Morre Levy Fidelix, presidente do PRTB, de Covid-19

·1 minuto de leitura

BRASÍLIA (Reuters) - O fundador e presidente do PRTB, Levy Fidelix, morreu na noite desta sexta-feira aos 69 anos vítima de Covid-19, informou em sua conta no Twiter a jornalista Sandra Terena, próxima do político.

"Com tristeza, informo o falecimento de um pioneiro do conservadorismo no Brasil, Levy Fidelix por Covid-19. O óbito foi confirmado às 20 horas desta sexta-feira (23). Que o Espírito Santo console a família. Meu marido, o jornalista Oswaldo Eustáquio foi um grande amigo de Levy", informou.

O comunicado oficial do PRTB no Twitter não informou a causa da morte de Fidelix. "É com profunda dor e pesar que o PRTB, por sua diretoria, comunica o falecimento do nosso líder, fundador e presidente nacional Levy Fidelix, ocorrida nesta data na cidade de São Paulo. Descanse em paz homem do Aerotrem!", informou.

Filiado ao PRTB, o vice-presidente Hamilton Mourão também o homenageou nas redes sociais.

"Lamento o falecimento do fundador e presidente do PRTB, amigo Levy Fidelix. O movimento conservador brasileiro perde um dos seus principais representantes. Que o Nosso Senhor Jesus Cristo abençoe e conforte toda família", disse Mourão.

"Ainda ressalto a pessoa do amigo Levy como cidadão brasileiro, chefe de família e um político com honestidade de propósitos. Homem batalhador e incansável por um Brasil cada vez melhor", emendou.

Conhecido como autor de uma proposta de um trem bala para São Paulo, o Aerotrem, o jornalista Levy Fidelix teve uma carreira política de mais de 30 anos. Contudo, nunca ganhou uma eleição, tendo concorrido a diversos cargos políticos como o de presidente da República.

(Reportagem de Ricardo Brito.)