Morre Marília Mendonça em acidente de avião no interior de Minas Gerais

·2 min de leitura
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 24.11.2017 - Show da cantora Marília Mendonça na cidade de Bauru, no interior paulista. (Foto: Adriano Vizoni/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 24.11.2017 - Show da cantora Marília Mendonça na cidade de Bauru, no interior paulista. (Foto: Adriano Vizoni/Folhapress)

RIBEIRÃO PRETO, SP, E SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Marília Mendonça, conhecida como a rainha da sofrência e uma das maiores vozes da música brasileira contemporânea, morreu aos 26 anos na tarde desta sexta-feira (5). A informação foi confirmada pelo Corpo de Bombeiros de Minas Gerais em nota enviada à imprensa.

Marília Mendonça foi uma das vítimas fatais de um acidente de avião que caiu numa serra em Piedade de Caratinga, cidade a 309 quilômetros de Belo Horizonte. A cantora tinha um show marcado para esta noite em Caratinga, a cerca de 12 quilômetros do local do acidente.

A assessoria de imprensa de Mendonça havia informado, no momento do acidente, que ela havia sido resgatada com vida. Por volta das 18h, no entanto, confirmou a morte.

Também morreram o produtor da cantora, Henrique Ribeiro, e seu tio, Abicieli Silveira Dias Filho, além do piloto e do copiloto da aeronave, que não tiveram seus nomes revelados.

Segundo a Globonews, a aeronave que transportava a cantora e sua equipe estava com a documentação em dia, de acordo com a Anac, a Agência Nacional de Aviação Civil, e o Cenipa, o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos.

Equipes da Polícia Militar, da Polícia Civil, do Corpo de Bombeiros e do Samu, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, acompanham o resgate.

Por volta das 15h, a cantora havia publicado no Instagram um vídeo comemorando os shows que faria em Minas Gerais durante o fim de semana. A publicação mostra a cantora embarcando e se alimentando dentro da aeronave.

Marília Mendonça ficou conhecida como a principal voz do feminejo, uma vertente do sertanejo em que as mulheres são protagonistas, ao lado de Naiara Azevedo, Simone e Simaria e Maiara e Maraísa.

Nos últimos anos, Mendonça se tornou uma das cantoras mais ouvidas do país, dona de hits como "Infiel", "Todo Muno Vai Sofrer", "Ciumeira", "Bebi Liguei", "Supera" e "Graveto", entre outros.

A cantora começou a carreira há cerca de dez anos, ainda adolescente, como compositora, sendo gravada por gigantes do sertanejo como Jorge e Mateus e Henrique e Juliano.

Seu primeiro DVD saiu em 2015, revelando ao Brasil o hit "Infiel", que foi uma das músicas mais ouvidas de 2016. Dali em diante, sua popularidade só cresceu e, no ano seguinte, aos 22 anos, Mendonça se tornou a artista mais ouvida do país.

Mendonça cantava a traição e o sofrimento por amor do ponto de vista feminino. "Não ia adiantar passar por um sofrimento, ser traída ou trair, e cantar sobre o príncipe encantado", ela disse ao jornal Folha de S.Paulo em 2017.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos